Design Emocional de Donald Norman

0
130
views
Design Emocional de Donald Norman
Design Emocional de Donald Norman
Emotional design

Design Emocional de Donald Norman fala sobre como os comportamentos visceral, comportamental e reflexivo impactam no desenvolvimento de produtos e serviços, explicando por que certos objetos nos causam mais afeição e desejo que outros.

Design Emocional de Donald Norman

Citações selecionadas

O resultado de tudo que você faz tem tanto um componente cognitivo quanto um afetivo – cognitivo para dar significado, afetivo para dar valor” (NORMAN, 2004, p. 25)

Mais importante, o estado afetivo, seja positivo ou negativo, muda a forma como nós pensamos” (NORMAN, 2004, p. 25)

Com o aspecto positivo, você está mais condicionado a ver a floresta do que as árvores, ver mais o quadro geral e não se concentrar nos detalhes. De outro lado, quando você se sente triste ou ansioso, sentimentos negativos, você está mais aberto para ver árvores que a floresta, os detalhes do que a quadro geral” (NORMAN, 2004, p. 26)

O nível visceral é pré-consciente, antes do pensamento. Esse é o lugar onde a aparência e as primeiras impressões são formatadas. Design visceral é sobre o impacto inicial do produto, sobre sua aparência, toque e sensações” (NORMAN, 2004, p. 37)

O nível comportamental é sobre o uso, sobre a experiência com o produto” (NORMAN, 2004, p. 37)

Existe outra diferença entre os níveis: o tempo. O visceral e o comportamental são sobre o agora, seus sentimentos e experiências enquanto você está vendo ou usando o produto. Mas o nível reflexivo se expande por muito mais – nos pensamentos reflexivos você lembra do passado e contempla o futuro. O design reflexivo, assim sendo, é sobre relações de longo prazo, sobre sentimentos de satisfação proporcionados pelo possuir, exibir e usar um produto” (NORMAN, 2004, p. 38)

Os três níveis podem ser mapeadas no produto da seguinte forma: Design Visceral: Aparência; Design Comportamental: Prazer e efetividade de uso; e Design Reflexivo: Autoimagem, satisfação pessoal e memórias” (NORMAN, 2004, p. 39)

Nós gostamos de coisas atrativas por causa do modo como elas nos fazem sentir” (NORMAN, 2004, p. 47)

O primeiro passo em um bom design comportamental é entender como as pessoas usarão o produto” (NORMAN, 2004, p. 71)

Existem dois tipos de desenvolvimento de produto: o de aprimoramento e o de inovação. Aprimoramento significa pegar um produto ou serviço existe e fazê-los ficarem melhor. Inovação proporciona um jeito completamente novo de fazer algo, ou um algo completamente novo, que não era possível antes” (NORMAN, 2004, p. 71)

Sua abordagem inovadora, simplicidade e elegância na forma e no desempenho cria uma apreciação e desejo de posse não apenas para o objeto mas para o valor que ele cria, incluindo inovação, originalidade, elegância e sofisticação” (NORMAN, 2004, p. 114)

Ele promete realizar ações ordinárias e extraordinárias. Também promete levantar o status do proprietário para um nível mais alto de sofisticação por reconhecer no produto suas qualidades” (NORMAN, 2004, p. 114)

Design Emocional de Donald Norman

Referências
NORMAN, Donald A. Emotional Design: Why We Love Or Hate Everyday Things. Nova York: Basic Books, 2004.

Imagem Níveis Emocionais: https://pt.slideshare.net/paulaclaf/princpios-cognitivos

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here