Design Emocional de Travor Van Gorp

0
57
views
Design Emocional de Travor Van Gorp

Insights do texto Design Emocional de Travor Van Gorp falando sobre a abordagem do design alinhada a teoria do Fluxo para construir experiências melhores e assim construir relações mais duradouras e melhores entre clientes e empresas.

Design Emocional de Travor  Van Gorp

Citações selecionadas

Como profissionais de UX, nós nos esforçamos em projetar experiências encantadoras. Essas experiências ajudam a construir relações entre os produtos que criamos e as pessoas que os usam. Seja projetando um website ou um produto físico, a criação de uma relação depende do quanto útil, fácil de usar e prazerosa essa experiência é. Ultimamente, nós construímos relações com os produtos e serviços pelas mesmas razões pelas quais criamos com as pessoas:

Produtos prazerosos são atrativos e nos fazem sentir bem. Pessoas atraentes podem exercer o mesmo efeito.

Produtos com boa usabilidade são fáceis de interagir e de serem entendidos. Boas conversas também são assim.

Produtos úteis preenchem nossas necessidades de forma a nos deixar emocionalmente satisfeitos por um longo tempo. Relações duradouras podem preencher nossas necessidades físicas, fisiológicas, emocionais e espirituais.

[…] emoções comandam nossas emoções” (GORP, 2010, p. 1)

[Design afetivo é] intencionalmente criado para capturar a atenção dos usuários, desencadeando uma resposta emocional que amplia a probabilidade de ele se comportarem de uma certa maneira. A reposta emocional pode ser consciente ou inconsciente” (GORP, 2010, p. 1)

Os produtos que projetamos precisam ser atraentes para os usuários com base em como eles parecem e soam, os persuadindo (por meio de seus sentimentos) a se aproximar ou se afastar” (GORP, 2010, p. 1)

O modo como esses produtos interagem precisa persuadir os usuários a agirem de certas maneiras em uma sequencia pré-determinada, enquanto também proporcionam aos usuários a sensação de que estão no controle” (GORP, 2010, p. 1)

Julgamentos de valor é a comparação entre o que é bom (prazer) versus o que é ruim (não prazeroso), é a excitação está relacionada a sensação de ansiedade versus tédio” (GORP, 2010, p. 2)

Humanos são seres tão sociais que percebemos expressões de emoção em tudo, inclusive em produtos, objetos e websites. Como produtos normalmente permanecem os mesmos durante muito tempo, qualquer expressão emocional percebida neles são interpretados como traços de personalidade daquele produto com o tempo” (GORP, 2010, p. 4)

Design Emocional de Travor  Van Gorp

Para os websites e aplicativos, a personalidade é inferida pelo uso da linguagem, sons, navegação, proporções, layout, contraste, cor, imagens e fontes que compreendem as propriedades formais do design” (GORP, 2010, p. 5)

Experiências úteis, com boa usabilidade e prazerosas ajudam a facilitar a criação de relações” (GORP, 2010, p. 8)

Referências
GORP, Travor Van. Emotional Design with A.C.T. – Part 1 . 2010. Disponível em: <http://boxesandarrows.com/emotional-design-with-a-c-t-part-1/>. Acesso em 24 de mar. de 2011.

Imagem: <http://www.ergonomia.ca/2014/05/emotional-design-and-consumer-behavior/#more-2366>

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here