Formas de organizar informações: A organização por tempo

0
72
views
Wurman e IBGE - Organização por Tempo

Uma das possibilidades que mais me agradam ao brincar com composições visuais é poder unir mais de uma forma de organização de conteúdo em uma mesma construção sem que esta fique pesada cognitivamente.

Para o estudo da organização por tempo, devido ao conteúdo base que estou trabalhando, optei por fazer isso compondo uma imagem que unisse a sequência com a cronologia. Desse jeito não só a composição ficou mais organizada como reforçou a ordem de grandeza ao demonstrar esses dados em sequência.

Wurman e IBGE - Organização por Tempo

Com essa forma de apresentação é possível extrair diversos outros significados e histórias dos dados, e eles ainda ficaram muito mais interessantes que a tabela simples.

Para recapitular como a composição visual permite unir mais informações e ainda ficar menos monótona que a tabela, apresento, a seguir, todos as formas organizacionais de Wurman, com suas respectivas definições e as composições simples que desenvolvi para cada uma delas:

ALFABETO

Richard Saul Wurman e IBGE - Alfabeto

Este método presta-se muito bem para grandes conjuntos de informação, como as palavras de um dicionário ou os nomes de uma lista telefônica. Como a maioria decorou as letras do alfabeto, a organização alfabética da informação funciona quando o público ou os leitores abrangem um amplo espectro da sociedade que talvez não admitisse a classificação por outra forma, como categoria ou localização (WURMAN, 1991, p. 67).

CATEGORIA

Wurman e IBGE - Categoria e Metáfora Visual

Refere-se à organização dos bens. Lojas de varejo são normalmente organizadas desta forma, por tipos diferentes de mercadoria, ou seja, artigos de cozinha em um departamento e roupas em outro. A categoria pode significar diferentes modelos, diferentes tipos ou até mesmo diferentes perguntas a serem respondidas, como num folheto dividido em perguntas sobre uma empresa. Este modo presta-se bem para organizar itens de importância similar. A categoria é bem reforçada pela cor, ao contrário dos números, que possuem valor intrínseco (WURMAN, 1991, p. 66).

LOCALIZAÇÃO

Wurman e IBGE - Localização

É a forma natural de escolher quando você está tentando examinar e comparar informação vinda de diferentes fontes ou locais. Se estiver envolvido com um ramo industrial, por exemplo, pode interessar-lhe o modo como ele se distribui pelo mundo. Médicos usam as diferentes localizações do corpo como agrupamentos para estudar medicina. (Na China, os médicos usam manequins em seus consultórios para que os pacientes possam apontar o local específico de sua dor ou problema) (WURMAN, 1991, p. 67).

SEQUÊNCIA

Wurman e IBGE - Organização Sequencial

Organiza os itens por ordem de grandeza – do menor ao maior, do mais barato ao mais caro -, de importância e etc. É o modo ideal quando se deseja conferir valor ou peso à informação, querendo usá-la para estudar algo como um setor industrial ou uma empresa (WURMAN, 1991, p. 67).

TEMPO

Wurman e IBGE - Organização por Tempo

O tempo funciona melhor como um princípio de organização para eventos que ocorrem em intervalos fixos, tais como convenções. Também tem sido usado criativamente para organizar lugares, como na série de livros Um dia na vida (de um determinado país). Funciona com exposições, museus e histórias, seja de países ou empresas. O projetista Charles Eames criou uma exposição sobre Thomas Jefferson e Benjamin Franklin apresentada como uma linha de tempo em que os visitantes podiam ver quem estava fazendo o que e quando. O tempo é uma estrutura facilmente compreensível a partir da qual observar e fazer comparações (WURMAN, 1991, p. 66).

Com isso fecho esse grupo de estudos visuais para os cinco métodos de organização apresentados por Wurman. Espero que esses estudos sejam úteis para expor algumas de suas possibilidades imagéticas.

Claro que a partir dos dados, objetivos e repertório de cada um, essas formações podem se desdobrar em um sem números de outras formas e formatos.

Licença Creative Commons
Esta obra de Heller em Heller de Paula, foi licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Não Adaptada.

Referências
WURMAN, Richard Saul. Ansiedade de Informação: Como Transformar Informação em Compreensão. São Paulo: Cultura Editora Associados, 1991.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here