O fraturamento hidráulico e a exploração avançada de petróleo e gás em profundidades antes inalcançáveis

0
95
views
fraturamento hidráulico

O fraturamento hidráulico e perfuração horizontal nos permite hoje extrair petróleo e gás de reservas não convencionais em formações rochosas de xisto (duras, profundas e de difícil acesso) graças ao avanço tecnológico acumulado nas últimas quatro décadas.

Esse acesso poderá trazer uma nova e enorme quantidade desses recursos para a exploração da nossa sociedade, o que impactaria diretamente nosso desenvolvimento.

Contudo, essa tecnologia disruptiva é bastante polêmica, uma vez que essa perfuração pode enfraquecer o terreno, contaminar água e sua retirada é bastante arriscada tanto para os trabalhadores quanto para populações próximas desses poços de exploração.

Mesmo assim, essa poderá ser uma das tecnologias que vão gerar disrupção na nossa sociedade até 2025, segundo o estudo da McKinsey&Company.

A seguir algumas citações contidas no relatório Tecnologias disruptivas: Os avanços que vão transformar a vida, os negócios e a economia global (Disruptive technologies: Advances that will transform life, business, and the global economy) da McKinsey&Company.

O relatório explora 12 tecnologias disruptivas que tem maior potencial de impactar a economia e a vida humana até o ano de 2025 e foi organizado por James Manyika, Michael Chui, Jacques Bughin, Richard Dobbs, Peter Bisson e Alex Marrs.

Exploração avançada de petróleo e gás

Citações selecionadas sobre fraturamento hidráulico e sua exploração avançada de petróleo e gás:

“Exploração avançada de petróleo e gás e sua recuperação” (MANYIKA et al., 2013, p. 125).

“As reservas não convencionais de petróleo e gás são definidas como reservas que não podem ser extraídas por métodos de perfuração convencionais. Nessas reservas, o petróleo ou o gás estão presos em fraturas naturais na rocha (muitas vezes xisto) ou absorvidos por algum material orgânico próximo” (MANYIKA et al., 2013, p. 126).

“Hoje, as principais tecnologias utilizadas para acessar reservas de petróleo e gás não convencionais são a fraturação hidráulica e a perfuração horizontal. Quando usadas em conjunto, essas tecnologias são capazes de superar muitos dos desafios da extração de gás de xisto e LTO” (MANYIKA et al., 2013, p. 127).

“O acesso a fontes de energia moldou a paisagem geopolítica global há mais de um século. O papel da energia nas agendas de políticas externas pode mudar à medida que os países em todo o mundo começarem a desenvolver novas fontes locais de energia” (MANYIKA et al., 2013, p. 135).

Desafio proposto para trabalhar com o tema:

Como usar o fraturamento hidráulico e sua exploração avançada de petróleo e gás numa forma que diminua seus impactos ao meio ambiente?

Material adicional sobre o assunto:

Referências
MANYIKA, James; et al. Disruptive technologies: Advances that will transform life, business, and the global economy. 2013. Disponível em: <http://www.mckinsey.com/business-functions/digital-mckinsey/our-insights/disruptive-technologies>. Acesso em 03 de jun. de 2017.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here