Os Baby Boomers, a Geração X, Geração Y, Geração Z e Geração Alpha

0
628
views
estudo das gerações

O estudo das gerações engloba os Baby Boomers, a Geração X, a Geração Y, a Geração Z e a Geração Alpha.

Esse estudo vem se tornando cada vez mais relevante para as organizações criarem oportunidades contextualizadas com seu público ou mesmo para atingir novos clientes e demandas.

A primeira informação importante ao falarmos de gerações é lembrarmos que os comportamentos e anseios direcionados a elas ultrapassam a idade, ou seja, alguém com idade da geração Y pode apresentar comportamentos, anseios e desejos de gerações anteriores ou posteriores.

Essas características também são influenciadas por culturas e situações econômicas, mas de modo geral elas representam uma energia comum para determinados grupos e podem ser usadas como uma referência relevante para as empresas construírem seus serviços.

Atualmente falamos de cinco gerações: Os Baby Boomers, a Geração X, Geração Y, a Geração Z e os Alphas.

estudo das gerações

O Estudo das Gerações: Baby Boomers – Nascimento entre 1940 e 1960

Citação: “O trabalho é importante para construir o caráter e para conquistar coisas na vida evoluindo socialmente. Vamos trabalhar duro”

Inicialmente essa nomenclatura não era uma geração, mas era um termo usado para descrever quem nasceu logo após a Segunda Guerra Mundial, quando houve um grande aumento no número de nascimentos, provavelmente resultado da empolgação dos soldados que voltaram da guerra para seus países de origem.

O termo foi usado pela primeira vez em um artigo do Washington Post em 1970.

Agora o termo é usado para representar um grupo que nasceu no final da Segunda Guerra Mundial e que explorou movimentos libertários da sexualidade, do uso das drogas e se tornaram os hippies na década de 1970.

Foi a geração que vivenciou a Guerra Fria, mas também foram os primeiros que tiveram a oportunidade de viajar para outro país, não para uma guerra, mas para tomar sol na praia e puderam também comprar um carro próprio e uma casa para si.

De modo geral, é a geração que iniciou o recomeço pós-guerra sonhando galgar novas posições financeiras a partir do trabalho duro.

O Estudo das Gerações: Geração X – Nascimento entre 1961 e 1980

Citação: “Minha vida é intensa, mas é exatamente assim que eu quero. Vamos ser intensos”

Com o nome baseado no livro de Douglas Copeland Geração X: Contos para uma cultura acelerada, essa geração é a herdeira do recomeço experimentado pelos Baby Boomers.

Jovens demais para terem lutado em alguma grande guerra, mas velhos suficientes para terem experimentado o avanço na educação, eles são os que mais gastaram tempo da sua fase adulta em cafés falando em como consertar o mundo.

Pressionados para serem os melhores, é a geração que experimentou os livros de autoajuda, programas de auto-treinamento e viveram em permanente estado de ansiedade – social, financeira e sexual.

Entre as diversas segmentações do grupo da Geração X, vimos, por exemplo, nascerem os Yuppies: os jovens que queriam enriquecer rápido e ostentar um estilo de vida luxuoso.

De modo geral, é a geração da intensidade, do aprimoramento pessoal e da busca pelo enriquecimento e reconhecimento rápidos.

O Estudo das Gerações: Geração Y ou Millennials – Nascimento entre 1980 e 1997

Citação: “Vou me interessar se você for interessante. Vamos ser interessantes”

Nascidos e crescendo em meio a um mundo onde a tecnologia digital e a internet se proliferava e se barateava, essa é a geração moldada pela influência high tech.

Alguns, herdando os anseios dos Yuppies, se tornaram bilionários da tecnologia com serviços como redes sociais.

O nome Geração Y foi usado primeiro em um artigo de Ad Age, já o termo millennials foi cunhado pelos sociologistas Neil Howe e William Strauss.

Confortáveis em compartilhar toda sua vida online, essa é uma geração que experimenta o crescimento da individualidade e da autossuficiência.

De modo geral, é a geração onde ser relevante no mundo é vivenciar experiências exclusivas e ser interessante.

O Estudo das Gerações: Geração Z – Nascimento entre 1998 e 2009

Citação: “Um discurso bacana não é suficiente, é preciso por a mão na massa. Vamos sujar as mãos”

Nascidos em meio a um turbilhão político e financeiro, a Geração Z é preocupada com seu dinheiro e em fazer do mundo um lugar melhor.

É a primeira geração 100% digital e já nascem em um mundo conectado. Desse modo, se usam da internet e das tecnologias digitais para se tornarem mais inteligentes, seguros e maduros, mesmo muito novos.

Costumam ser dispostos a trabalhos voluntários, conscientes da importância da educação e possuem fortes noções éticas e sociais.

De modo geral, é a geração que abraça a diversidade absorvida na internet e lidera a mudança ao agir no mundo por meio de ações práticas.

O Estudo das Gerações: Os Alphas– Nascimento de 2010 até (em aberto)

Citação: “Ser único me faz conectar melhor com as pessoas e me fundir com o mundo e com o universo. Vamos expressar nossa autenticidade”

Herdeiros da segurança e das noções éticas da geração Z, os Alphas vibram em uma energia de transformação como nunca antes.

De modo geral, é a geração dos conectados e autossuficientes que não verão mais a tecnologia como algo separado da vida humana. Tudo será tecnologia digital e tudo estará conectado com o resto do mundo.

 

Referências
Telegraph; Diip;

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here